segunda-feira, 17 de março de 2014

O Baralho da Vovó Cigana - Cornucópia



25 - Cornucópia

Riqueza, fartura, sorte, tesouros, 
merecimentos, bençãos.

É carta que representa a virada da sorte a favor do consulente.

A Cornucópia anula todas as influências negativas que porventura haja na linha onde esta carta se encontra.

As riquezas aqui simbolizadas situam-se em todos os planos: material, afetivo, emocional, intelectual e espiritual.

Haverá multiplicação das benesses; portanto, o dizimo e a caridade serão oportunos.

Reforço do elo com o Divino.



Na carta a imagem da cornucópia que é um símbolo representativo de fertilidade, riqueza e abundância. Na mitologia greco-romana era representada por um vaso em forma de chifre, com uma abundância de frutas e flores se espalhando dele. Hoje, simboliza a agricultura e o comércio, além de compor o símbolo das ciências econômicas.

Do latim cornu copiae ou "corno da abundância", de cornu ou "chifre" e copiae ou "abundância, muitos recursos, posses".

O próprio chifre é um símbolo fálico, representante do sagrado masculino. E, como a cornucópia remete a um chifre, é uma das representações mais utilizadas do Deus Cornífero nas religiões pagãs e neopagãs.

Entretanto, o seu interior simboliza o útero - representado assim a Deusa -, que quando cheio de alimentos simboliza a generosidade da terra fértil, representando o sagrado feminino.

A cornucópia é o símbolo mais utilizado para representar o equinócio de outono (no sabá Mabon), onde é cheio de frutas, grãos, moedas, folhas, castanhas, cartas de tarô, e diversos outros símbolos da fartura e do paganismo, de forma que eles sejam derramados sobre o altar.


  Samantha 





Baralho da Vovó Cigana - Tamina Thor
Wikipédia

Related Posts with Thumbnails

Tarot

Seu DESTINO através do TARÔ

Minha Comunidade de Consultas no antigo Orkut.

The Rider Waite Tarot

Meu baralho preferido - by Waite, Arthur Edward - US GAMES SYSTEMS

Classic Tarot

Meu baralho preferido - by Carlo DellaRocca - Lo Scarabeo