terça-feira, 25 de outubro de 2016

Symbolon - O Pelourinho


35 - O Pelourinho

Astrologicamente
Áries/Gêmeos, Marte/Mercúrio

Resumo
Murmuração, difamação, destruição com palavras, lamento, assassinato, língua afiada.

  • Significado da carta em uma leitura:
O Problema (Como carta simples ou inicial):
Trata-se de espalhar uma mentira viciosa ou tornar-se vítima dela.
Nenhum deles - seja a vítima ou o acusador - é mais nobre do que o outro e ambos irão mostrar que são suscetíveis a fofocas e mentiras, não entenderam o significado completo; seja qual for o caso, acreditam que não estão envolvidos nem que se espalhe.
É um erro.

O Caminho Através do Problema (Como carta em uma série): 
Sua viagem não perdoará a vergonha do pelourinho.
Suas ações se tornarão públicas e pode ser uma boa ideia para se preparar - sim, até mesmo ajudar o processo (se ele não for muito difícil). Caso contrário, ele irá aparecer de surpresa.
A maneira mais fácil de fazê-lo é voltar ao público.
Isso que se chama "sair".

O Resultado (Como última carta):
O assunto que se escondia veio à luz - agora tem que aceitá-lo.
Estar com reservas significa admitir suas características pessoais mais desagradáveis, e mais importante, a agressão.
O título desta carta leva o nome do Pelourinho numa clara alusão à imagem da mulher que está condenada à morte com este instrumento na praça da cidade ou vila.
No entanto a carta quer refletir que se torna público algum segredo inconfessável mais do que uma punição, por essa razão, a imagem do condenado à morte está em segundo plano.
Os dois personagens em primeiro plano parecem estar dialogando, ou melhor ainda, resmungando sobre o evento, no entanto a postura brandindo sugere uma satisfação pessoal sobre o evento, indicando que são informantes.
Esta carta tem como objetivo mostrar o poder da palavra como uma arma tão mortal como uma espada.

Princípio:
A comunicação como fonte de poder. 
A difamação, o murmúrio e a blasfêmia.
A agilidade comunicativa, os comentários imprudentes.
As acusações, a censura.
A mente sagaz.
A mentira, o engano, a calúnia.

  • Como Pessoa
Refere-se a uma pessoa com um claro domínio de comunicação, ela é ouvida pela forte atração que cria com suas palavras.
Se trata de alguém com uma mente afiada e assertiva, opiniões fortes e autoridade para vencer debates. 
Se comunica sem rodeios, é direta.
O lado negativo refere-se a quem se comunica de forma impetuosa e precipitada, pronto para discutir com quem não segue as suas mesmas impressões.
É alguém que não mostra refinamento ou diplomacia para se expressar e é capaz de prejudicar os outros com suas palavras, gosta de dominar os outros com sua dicção. 
Também pode ser alguém que fala muito rápido, muito duramente e ameaçadoramente.
Gosta de acusar e fazer juízos de valor dos outros, muitas vezes usando mentiras e calúnias.
Se expressa em voz alta, aos gritos.

  • Como Situação
Descreve uma situação onde alguém coloca sobre a mesa questões pessoais que podem fazer muito dano.
Põe-se em dúvida e se faz julgamento sobre coisas que não desejamos que sejam conhecidas.
Alguém quer nos ferir com suas palavras, ou talvez, somos nós que ferimos com a nossa expressão.
Pode igualmente indicar que podemos estar envolvidos em alguma discussão importante que não trará boas consequências, pois esta se tornará pública.
Pode indicar calúnia e difamação, tudo com tom alto de voz.
Agressão verbal, dureza na expressão.
Talvez estejamos envolvidos em mentiras e enganos, ou mesmo que sejamos nós os mentirosos, isso sempre em detrimento de alguém.
Desonra.





 Samantha





Artigos sobre o Symbolon:

Scrib - Tarot Symbolon "significado todas las cartas ordenada"
Las Revelaciones del Tarot - lasrevelacionesdeltarot.blogspot com br
Mundis Tarot - mundistarot blogspot com br
Ishtarr Cartas El Symbolon - ishtarrcartaselsymbolon blogspot com.



Related Posts with Thumbnails

Tarot

Seu DESTINO através do TARÔ

Minha Comunidade de Consultas no antigo Orkut.

The Rider Waite Tarot

Meu baralho preferido - by Waite, Arthur Edward - US GAMES SYSTEMS

Classic Tarot

Meu baralho preferido - by Carlo DellaRocca - Lo Scarabeo